SOBRE EMBURRECIMENTOS DIÁRIOS E CAVALARES: PEQUENA INTRODUÇÃO

AVISO: Querido leitor, já peço perdão de antemão pelo chacoalhão que a série destes dois posts possa lhe trazer. Escrevo com a melhor das boas intenções para te contar do que venho aprendendo, mas o aviso é necessário, pois aprender algo tão libertário pode , às vezes, tirar o fôlego. E esse saber é conhecido por causar muitas inquietações persistentes em seus aprendentes. Por favor, sinta-se avisado 🙂

Quando decidi começar o Homeschooling da Isadora, muitas dúvidas aconteciam o tempo todo. Não vou dizer que as dúvidas sumiram, mas o que posso afirmar, com o peito cheio de orgulho, é que as certezas de estar no caminho certo vêm brotando profusamente, verdinhas e parrudas.

Em fevereiro de 2018 tomamos as providências práticas e legais para que Isa não voltasse mais a frequentar escola pública americana, haja vista a impossibilidade já imposta pelo PTSD (Síndrome Pós-Trauma) que a deixou enclausurada no quarto durante 3 meses, como mencionei no post anterior (leia aqui, por favor). Assim, outras alternativas, além da terapia, eram necessárias e com urgência.

Aqui na Califórnia e nos EUA como um todo, existe a possibilidade-bênção-ousadia-independência-próatividade de as pessoas procurarem grupos de apoio para se ajudarem exatamente com isso: o suporte mútuo em situações difíceis.

Assim, quando me vi naquelas circunstâncias com a Isa, procurei na internet um grupo de apoio local e encontrei , com graças ao Divino Espírito Criador. Trocamos e-mails e dois dias depois fomos — meu marido Isa e eu — ao encontro dessas pessoas, mães e pais maravilhosos que parecem ser de outro planeta. Não há como deixar de admirar tamanho nível de sabedoria, desprendimento, cultura e informação que essas pessoas contêm em si e doam a quem precisar.

Juro que parecia que tinha entrado em outra realidade, que não era o planeta Terra. O nível de conhecimento desses indivíduos praticantes do Homeschooling e do Unschooling é simplesmente fora do comum, algo que no Brasil simplesmente não existe.

E sendo, essa região em que moramos, famosa por ser cobiçada pelas belezas naturais e portanto, morada de vários artistas da indústria cinematográfica e empreendedores milionários, dá pra imaginar um pouco o nível dessas pessoas, certo?

Se não, deixa eu te dizer só o seguinte: a míseros 13 minutos da minha casa aqui em Marin County fica o rancho (Skywalker Ranch) do George Lucas, lembra de Star Wars? Sim, agora acho que dá pra captar o que eu quero dizer com a expressão pessoas fora do comum.

Como era de se esperar de alguém que vive literalmente de letras, a primeira coisa sobre o que conversamos com os Homeschoolers em nosso primeiro encontro/entrevista foi sobre literatura de apoio, ou seja, tudo o que eles lêem, assistem, escrevem e fazem sobre o assunto. A sensação que tive é que, até então, eu estivera vivendo como aqueles náufragos sedentos, sabe? Finalmente tinha encontrado a minha família! Finalmente conseguia conversar de igual para igual com aquelas pessoas, irmãs de almas livres, grandiosas e corajosas!

Abrindo parênteses: Leitor amado, eu confesso que preciso, necessito muito de leitura. Eu preciso ler o tempo todo, eu não vivo sem ler, especialmente quando preciso aprender alguma coisa. Fechando parênteses.

Então essas pessoas Homeschoolers estupendas me passaram títulos de livros e o nome de alguns autores — a família de uma das mães Homeschooler inclusive conheceu pessoalmente Jonh Taylor Gatto, de quem falaremos em breve — para que eu me refestelasse em uma caixa de literatura dirigida.

E assim é que começarei a te dizer um pouco mais sobre as ideias que li nesses livros, que muito discuti com essas pessoas, até finalmente conseguir assumir cotidianamente, junto à minha família, o que venho aprendendo.

Segura o chapéu, que no próximo post iremos voar.

Flavia Criss,

San Francisco Bay Area.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.